terça-feira, 13 de janeiro de 2015

Diário da Gravidez 6

37 semanas. Será cliché dizer que passou tão depressa... Os meus momentos dividem-se entre imaginar a carinha da minha bebé, de que tamanho será, a forma como olha, o cheiro dela, a maneira como vai ficar perfeitamente aconchegada nos meus braços, e os momentos em que quero que o tempo passe mais devagar. Sim, doem-me as costas e as virilhas, ando como um pinguim e fico logo cansada mas não interessa, tem sido tão bom, tão bom. Senti-la mexer, sentir que tem soluços, senti-la aqui dentro de mim é uma sensação que ultrapassa alguma coisa que eu já possa ter sentido: é maravilhoso e sinto-me abençoada por estar a viver algo tão mágico. Apetece-me ficar a abraçar a minha barriga e tentar parar o tempo, fica cá dentro filhota, estamos tão felizes assim.

1 comentário:

  1. Ainda mais feliz vais ficar depois de ela estar cá fora, vais ver. Beijo

    ResponderEliminar